A compra online de peças auto usadas é uma solução cada vez mais procurada, quer pela adesão crescente do público ao “digital”, quer pela comodidade e funcionalidade que este meio representa. Aliás, o atual contexto de pandemia foi, por si, a confirmação desta tendência.
A existência de algum comércio irregular no setor das peças auto, de procedência não legal, merece uma atenção especial por parte do comprador.
É o caso de peças cuja origem não provém de Centros de Abate licenciados. Tão pouco há a certeza de que algumas peças não sejam de origem ilícita ou que os “vendedores” sejam entidades regularmente constituídas.
Na hora de efetuar a sua compra, deve observar alguns cuidados:
  •  O vendedor que é um Centro de Abate, deve constar na lista da APA (Agência Portuguesa do Ambiente) disponível aqui
  •  Deve identificar claramente quem é o anunciante. Não hesite em perguntar-lhe qual procedência da mercadoria.
  •  Havendo dúvida, deve interpelar o gestor da plataforma que publicita o anúncio no sentido de identificar o anunciante como entidade autorizada.
  •  Ao receber a peça na sua morada, verifique se corresponde ao seu pedido e ao valor que por ela pagou.
Lembre-se que apenas comerciantes autorizados poderão garantir que os seus direitos de consumidor sejam respeitados, tais como: a garantia da peça, a possibilidade de devolução ou outros requisitos que considere seguros para a sua compra.
Uma compra regular, para além da sua segurança, é uma garantia de que as exigências ambientais foram respeitadas.

Deixe um comentário

Morada

Avenida Terras de Santa Maria, lt. nº 47

Zona Industrial Perm – 4505-870 Pigeiros

 

Contactos

910 899 633 | Geral

geral@ancav.pt

Desenvolvido por: UAU BS